Uniao Campo Cidade e Floresta

do site da Carta Maior

Para jornalista José Arbex Jr., incêndios devem ser avaliados dentro do quadro maior da crise do capital. “Quanto mais ela se acentua, quanto mais veem que não há saída, mais acontece esta desumanização dos pobres, daqueles que não são consumidores. É uma forma de eliminá-los”, defendeu em um debate promovido quarta-feira (10) por entidades e movimentos sociais na Universidade de São Paulo (USP).

Por Fabio Nassif

São Paulo – Provocados pelo grande número de incêndios em favelas e moradias precárias na cidade de São Paulo, entidades e movimentos sociais organizaram um debate na Universidade de São Paulo nesta quarta-feira (10) para discutir o tema e organizar iniciativas de solidariedade às famílias desabrigadas. O jornalista José Arbex Jr. abriu dizendo que “não devemos relacionar este fenômeno nem só a São Paulo nem só ao Brasil. Estamos diante de um processo universal, em que a crise do…

Ver o post original 526 mais palavras

Anúncios